51º Congresso da Sober – Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural Inscreva-se Envio de Trabalhos

  • 51º Congresso da SOBER

  • 51º Congresso da SOBER

  • 51º Congresso da SOBER

Mini Cursos

Regras

 

1) Os Minicursos advém de propostas feitas pelos associados, ou não, da SOBER, cuja finalidade é de proporcionarem aos congressistas da SOBER uma atualização em um determinado conhecimento específico. Esta proposição é enviada à Coordenação Científica da SOBER que autorizará ou não a sua realização.

2) Os horários dos Minicursos são estipulados pela Coordenação Científica, não concorrendo com qualquer outra atividade durante Congresso da SOBER.

3) Não existe nenhuma remuneração ou vantagem pecuniária que será dada ao ministrante do Minicurso, que receberá um certificado oficial por ministrá-lo.

4) Cabe à SOBER oferecer toda a infraestrutura para a realização do Minicurso.

5) As inscrições para os minicursos poderão ser feitas através do e-mail mcsober2013@fbeventos.com e o pagamento através de depósito (informações enviadas por e-mail de acordo com a solicitação de inscrição).

6) As inscrições são franqueadas aos associados e não associados da SOBER, no custo individual de R$ 50,00. Contudo, ao final do Minicurso, caso o associado tenha frequentado 100% de sua carga horária, este dinheiro será devolvido (ao associado). Ao não associado não é franqueado esta devolução do valor monetário de inscrição.

7) Na ocorrência de vários Minicursos, somente é facultada a inscrição individual em apenas um deles.

8) Cabe à todos os inscritos no Minicurso, cuja frequencia atingiu 100%, um certificado de participação da SOBER.

 

MINICURSO 1

DERIVATIVOS AGROPECUÁRIOS

DATA: 22/07/2013

HORÁRIO: 18h30 às 20h

DOCENTE: Prof. Dr. Pedro Valentin Marques – USP/Esalq

Prof. Dr. Waldemar Antônio da Rocha de Souza – UFAM

 

Objetivo do Curso

  • Definir os conceitos operacionais de derivativos agropecuários: mercado futuro, hedge, base, mercado de opções, engenharias financeiras e bolsas de futuros.
  • Examinar estratégias de gerenciamento de risco de preços com o uso de derivativos agropecuários para os agentes da cadeia do agronegócio.
  • Demonstrar a aplicação de derivativos agropecuários para a tomada de decisões eficientes: descoberta de preços, volatilidade implícita, mitigação de riscos e previsão de base.
  • Analisar modelos de hedge de risco de preços com derivativos agropecuários, comparando a eficiência de operações para diferentes estratégias: sem hedge, hedge simples, hedge estático, hedge dinâmico e hedge simultâneo.
  • Esquematizar as etapas operacionais para empregar derivativos agropecuários em ambientes negociais.

 

Ementa

Estrutura e funcionamento dos mercados futuros e de opções agropecuários: papel, constituição e função das bolsas; corretores, clearing house. Principais bolsas e contratos. Cotações em bolsas: acesso a fontes de dados. Características dos contratos da BM&F-BOVESPA. Definições, ajustes diários, margens, limites de oscilações de preços. Liquidação e entrega. Teoria da base. Arbitragens e spreads. Opções sobre futuros: valor de exercício, prêmio, valor das opções. Exercício de opções sobre futuros. Vantagens e desvantagens das opções. Estratégias com futuros e opções: análise de eficiência, risco de base, custos de transação, análise da volatilidade. Precificação de opções: medidas, monitoramento, modelagem e estratégias para gerenciamento de riscos.


MINICURSO 2

FERRAMENTAS DIGITAIS DE PESQUISA DO IBGE

DATA: 24/07/2013

HORÁRIO: 18h30 às 20h

DOCENTE:  Wagner Martins Magalhães da Silveira

Supervisor de Disseminação de Informações – IBGE/SP

Engenheiro de Produção

Ferramentas Digitais de Pesquisa do IBGE

Diariamente, uma série de dados, de várias pesquisas do IBGE, são divulgados pelos meios de comunicação, dando um retrato da população e da economia, refletindo a realidade do país. Pesquisadores, estudantes e profissionais das mais diferentes áreas procuram estas informações para consubstanciarem suas pesquisas e trabalhos. Estes dados secundários, em sua maioria, estão disponibilizados na Internet e através de produtos e softwares próprios desenvolvidos pelo Instituto. Contudo, as suas formas de utilização e potencialidades ainda são pouco conhecidas. O conhecimento e o emprego adequado destas ferramentas facilitarão várias atividades voltadas à pesquisa.

 

Objetivo do Curso

O minicurso tem como objetivo orientar os participantes na utilização das ferramentas de recuperação de dados das pesquisas do IBGE, exemplificando com situações práticas as possibilidades de utilização dessas informações.

 

Público-Alvo

Profissionais de qualquer área, pesquisadores e público em geral, interessados em se familiarizar sobre os dados que o IBGE dispõe e suas formas de acesso, principalmente aqueles que estão disponibilizados na Internet.

Este curso tem como pré-requisito conhecimentos básicos de informática.

Ao final do curso o participante terá conhecimento das seguintes ferramentas digitais do IBGE:

• Banco Multidimensional de Estatísticas – BME

• Banco de Dados Agregados – SIDRA

• Aplicativo ESTATCART

 

Patrocinadores:
  • Patrocinadores